Recursos humanos para a indústria espacial

Recursos humanos para a indústria espacial

Na mensagem da AEB (Agência Espacial Brasileira) divulgando a nova versão do PNAE (Programa Nacional de Atividades Espaciais) o presidente, Prof. José Raimundo Braga Coelho, tocou num ponto muito interessante: a formação de recursos humanos para a indústria espacial será fortalecida em 2013. Por meio do programa Ciências sem Fronteiras, do MCT&I (Ministério da Ciência,

PNAE: 2012 a 2021

PNAE: 2012 a 2021

AEB lança nova versão do Programa Nacional de Atividades Espaciais para o decênio 2012-2021. Ele sai com um ano de atraso, pois o ano de 2012 já se foi. O grande marco deste primeiro ano seria o lançamento do CBERS-3, postergado para o ano corrente, 2013. Na primeira metade (2012-2016), o programa dá ênfase na

Água, temos que preservá-la!

Água, temos que preservá-la!

Aprendemos que 70% a 75% da superfície do planeta é composta de água. Isto parece muito, mas se pensarmos em volume, veremos que é muito pouco. Se tirarmos toda a água do planeta (oceanos, mares, rios, lagos, lagoas e afins) e colocarmos numa esfera, esta terá um raio de aproximadamente 700km, menos da metade do

FAPESP é exemplo para a Espanha

FAPESP é exemplo para a Espanha

O jornal espanhol El País reconhece a FAPESP como exemplo na área de investimento estatal em ciência e tecnologia. A matéria destaca que há 10 anos o governo espanhol tenta seguir o modelo paulista, porém sem sucesso. Deste modelo, os pontos fortes são os recursos financeiros garantidos por lei e o gerenciamento da aplicação destes recursos com o

Programa de Lançamento Comercial de Satélites

Programa de Lançamento Comercial de Satélites

O Programa Espacial Brasileiro ocupa lugar de destaque no jornal O Globo de hoje, 7 de janeiro de 2013. Entretanto, a notícia destaca aspectos negativos do programa, como os constantes atrasos para o pleno funcionamento do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). Como pontos negativos, são abordados a ausência de um acordo de salvaguarda tecnológica

Feliz 2013!

Feliz 2013!

Olá, como foram de festas? Desejo que tenham aproveitado bem estes momentos e que 2013 seja pleno de realizações para todos nós. O importante é termos saúde para buscar os resultados. Em se tratando de empresas, a saúde financeira também é importante. Que saibamos fortalecer o nosso mercado, pois todos somos responsáveis por isto, contratantes

USGS premia Gilberto Câmara por atuação na área espacial

USGS premia Gilberto Câmara por atuação na área espacial

A AMS Kepler parabeniza o Dr. Gilberto Câmara, pesquisador do INPE, pelo prêmio ”William T. Pecora”. O valor deste prêmio é ainda maior quando verificamos que é a primeira vez que ele é concedido para um cidadão não americano. Gilberto Câmara foi pioneiro na defesa de que dados orbitais de média resolução devem ser oferecidos gratuitamente aos

IPEA prega maior foco do Programa Espacial Brasileiro

IPEA prega maior foco do Programa Espacial Brasileiro

Segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), o Programa Espacial Brasileiro (PEB) deveria reduzir suas atividades no sentido de obter maior êxito. Segundo técnicos do instituto, o Brasil não apresenta resultados significativos apesar de quase 50 anos de atuação na área. (http://goo.gl/KilRF). Técnicos, como Flávia de Holanda Schmidt (IPEA), Geovany Araújo Borges (UnB) e Carlos

Marissa Mayer é a nova CEO da Yahoo

Marissa Mayer é a nova CEO da Yahoo

Marissa Mayer, funcionária número 20, surpreendeu o mundo ao trocar a Google pelo Yahoo, onde será CEO. Conhecida como o rosto feminino da Google, ela foi a primeira engenheira (gênero feminino) contratada pela companhia e rapidamente assumiu um papel de destaque na hierarquia da empresa, alcançando o posto de vice-presidente de serviços geográficos e locais da

Processamento Digital de Imagens de Satélites: Um Breve Histórico (parte 2)

Processamento Digital de Imagens de Satélites: Um Breve Histórico (parte 2)

Há cerca de 40 anos, o Brasil foi o segundo país a contar com uma estação de recepção, gravação e processamento de imagens de satélite. Em 1972 era lançado o primeiro satélite de Sensoriamento Remoto voltado para uso não militar. Batizado de ERTS (Earth Resources Technology Satellite), posteriormente foi rebatizado como Landsat-1. No ano seguinte,

Email Us

Your message was successfully sent. Thank You!