Nasa divulga vídeo com instantes finais de sondas na órbita da Lua

Em setembro de 2011, após anos de preparação, um foguete Delta II partiu propulsando rumo à Lua dois satélites:  o Grail A – que estudantes americanos batizaram como Ebb – e o Grail B, batizado como Flow.

As sondas gêmeas Ebb e Flow, que voavam lado a lado, por um ano fizeram imagens que permitiram conhecer melhor a estrutura interna da Lua. A missão foi concluída em dezembro de 2012, após ter sido completada a última órbita dos robôs gêmeos, cujo combustível estava acabando.

A agência espacial americana (Nasa) divulgou recentemente um vídeo com quase dois minutos, registrado três dias antes da queda, em 14 de dezembro, com câmeras da Ebb.

As duas sondas gêmeas, em órbita polar desde janeiro de 2011, fizeram medições muito precisas do campo gravitacional lunar que revelaram a divisão das massas, assim como a espessura e a composição dos diferentes estratos da Lua, até seu núcleo. Deixaram claro, por exemplo, que a crosta lunar é muito mais fina do que pensavam os cientistas, ao apresentar uma espessura de 34 km a 43 km, de 6 km a 12 km a menos do que o se tinha calculado até agora.

A composição da Lua aparece, então, como “similar à da Terra, o que alimenta a teoria de que está formada por materiais terrestres espalhados após um enorme impacto no começo da história do Sistema Solar”, explicou Mark Wieczorek, do Instituto de Física do Globo de Paris, autor de um dos três estudos sobre os resultados da missão Grail.

Quer ver o video que registra os instantes finais de operação das sondas gêmeas, na órbita da Lua, antes que caíssem próximo ao polo norte lunar?

 

Comments

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Email Us

Your message was successfully sent. Thank You!